PADDE
contadorcontador


Plano de Ação para o Desenvolvimento 
Digital da Escola

 


O Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital da Escola (PADDE) é um instrumento orientador e facilitador da adaptação e implementação das tecnologias digitais nos processos de ensino e aprendizagem. Pretende apoiar as escolas a refletir e definir estratégias que permitam a exploração do potencial do digital integrando-o de forma holística no agrupamento.

 

Objetivos

 - Dotar o agrupamento de espaços com equipamento adequado para o desenvolvimento de projetos de desenvolvimento digital;
 - Garantir igual acesso a equipamentos digitais e acesso à internet em ambiente escolar;
 - Capacitar os docentes de competências digitais necessárias ao ensino neste novo contexto digital;
 - Proporcionar uma oferta formativa digital diversificadas que responda às necessidades específicas dos diferentes atores educativos;
 - Garantir o acesso a ferramentas de colaboração em ambientes digitais que promovam a inovação no processo de ensino-aprendizagem, estimulem
    a criatividade e a inovação, permitam o acompanhamento à distância da sala de aula (sobretudo nos casos de doença ou de necessidades especiais)
    e o trabalho colaborativo online.

Equipa PADDE

Conceição Santos - (coordenadora)

Ângela Simão

José Pego

Norberto Mestre

 

 

Neste espaço, além de divulgar o PADDE, serão divulgadas atividades e relatórios de monitorização da implementação do plano.









 O Programa de digitalização para as Escolas, contemplado no Plano de Ação para a Transição Digital (Resolução do Conselho de Ministros n.º 30/2020 de 21 de abril) prevê, entre outros, uma forte aposta na capacitação digital dos docentes, no desenvolvimento digital das escolas e na disponibilização de recursos educativos digitais.

 


 

 




Clarificando siglas e acrónimos...



(PTD)
-
Plano de ação para a Transição Digital






Desígnio nacional para responder a compromissos europeus, com o objetivo de desenvolver as competências digitais dos docentes para que possam utilizar as tecnologias digitais em contexto profissional.






(CD)
-
Competência Digital




Genericamente definida como a utilização segura, crítica e criativa das tecnologias digitais para alcançar objetivos relacionados com trabalho, empregabilidade, aprendizagem, lazer, inclusão e/ou participação na sociedade.





Check-in




A ferramenta de avaliação da competência digital dos docentes (permite a cada docente autoavaliar-se e aos Centros de Formação integrar os professores em oficinas de formação organizadas em 3 níveis de proficiência).


SELFIE



Self-reflection on Effective Learning by Fostering the use of Innovative Educational technologies (ferramenta que permite às escolas autorefletirem sobre a utilização que fazem da tecnologia educativa no processo de ensino, aprendizagem e avaliação).

 

Instrumento de autorreflexão e autoconhecimento concebida para apoiar as escolas no processo de aprendizagem na era digital, a incorporar tecnologias digitais no ensino, na aprendizagem e na avaliação das aprendizagens dos alunos. A ferramenta pode realçar o que está a funcionar bem, as áreas que requerem melhorias e quais devem ser as prioridades. O SELFIE apoia a compreender de que forma o Digital está integrado na escola e é utilizado pela comunidade educativa.

Utiliza questionários para recolher as opiniões dos dirigentes escolares, professores e alunos, de forma completamente anónima e voluntária, e compila os resultados num relatório interativo que permite identificar os pontos fortes e os pontos fracos sobre a forma como as tecnologias são utilizadas na escola. O SELFIE não mede nem compara os conhecimentos ou as competências dos utilizadores.








Digicomp 2.2


O quadro de referência para a competência digital dos cidadãos, também conhecido como DigComp, fornece uma linguagem comum para identificar e descrever as áreas essenciais da competência digital. É uma ferramenta à escala da UE para melhorar a competência digital dos cidadãos, ajudar os decisores políticos a formular políticas que apoiem a construção de competências digitais e planear iniciativas de educação e formação para melhorar a competência digital de grupos-alvo específicos. Este relatório apresenta a versão 2.2 do quadro de referência para a competência digital dos cidadãos.



DigCompEdu
Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores (define as competências digitais que os
educadores devem desenvolver, para todos os níveis de educação)








DigCompOrg



Quadro Europeu para as Organizações Educativas Digitalmente Competentes (referencial europeu que define as competências digitais que as escolas devem procurar alcançar, ao nível do ensino e da aprendizagem).








Site que centraliza informações a cerca da Competência Digital, seja para os cidadãos ou especificamente para os educadores, além de disponibilizar uma ferramenta de autoavaliação.




PADDE




Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital das Escolas (documento estruturante da ação das escolas).